Jonas: o desentendimento com Paciência, fim da carreira e os escassos minutos

Jonas: o desentendimento com Paciência, fim da carreira e os escassos minutos

Jonas falou na zona mista depois da eliminação da Liga Europa. O avançado brasileiro disse que sai com a sensação de que o Benfica "podia ter feito mais em casa".

Análise ao jogo: "Não vale a pena falar de arbitragem. Todos viram que ele estavam adiantado, mas enfim. Deram o golo. Ficamos tristes, era uma competição onde queríamos seguir em frente, mas perdemos por 2-0. Tinhamos uma vantagem boa, o primeiro jogo foi bom e até poderíamos ter uma vantagem maior. A primeira parte demorou a entrar no jogo, na segunda, quando achava que estávamos melhor, sofremos o segundo".

Sensação: "Foram dois jogos bem jogados, entre duas grandes equipas. A sensação maior que fica, para mim, é talvez que em casa poderíamos ter conseguido uma vantagem maior".

Pressão: "É um ambiente incrível, mas sem pressão. Todos estão acostumados. Temos uam mescla de juventude com experiência e isso tem dado resultado nos últimos anos".

Desentendimento com Gonçalo Paciência: "Foi um lance de jogo, mas no fim cumprimentei-o e desejei boa sorte".

Minutos: "Suplente? Tem sido um ano diferente para mim, devido a alguns problemas físicos, mas o que importa é que quem joga esteja bem, como o Seferovic e o Félix. Jogando ou não, estou sempre feliz no Benfica".

Terminar a carreira em breve?: "Fim de carreira? Agora não vem ao caso".