Ferreyra marca, fala de confiança e dores de cabeça para o treinador

Ferreyra marca, fala de confiança e dores de cabeça para o treinador

Ferreyra estreou-se a marcar pelo Benfica.

Ferreyra estreou-se a marcar pelo Benfica, frente ao Vitória de Setúbal. "Para um avançado, é sempre muito importante e em termos de confiança", afirmou o ex-Shakhtar, comentando as opções ofensivas de Rui Vitória. "Dores de cabeça para o treinador? Sim, é sempre bom que um avançado marque. Quando marca um, obviamente ficamos contentes porque estamos a contribuir para a vitória do Benfica e tentamos ser sempre melhores. É bom, além de concorrência que temos uns com os outros", comentou.

Ferreyra assume que se tem sentido bem nestes primeiros tempos de águia ao peito e a adaptação está a ser fácil. "É tudo novo para mim. Estava noutro clube e o Benfica é um grande desafio. É um clube grande, receberam-me da melhor maneira e vai ser mais fácil trabalhar deste modo", resumiu, recusando ser mais fácil ser melhor marcador em Portugal do que na Ucrânia. "Será diferente e na Ucrânia também era difícil marcar, mas tratarei de ajudar a equipa. Se não marcar, quero ajudar com sacrificio. Estamos na pré-época e há que trabalhar."