"Em vez de tentar imitar ou seguir os nossos passos, entram por outros caminhos"

"Em vez de tentar imitar ou seguir os nossos passos, entram por outros caminhos"

Luís Filipe Vieira falou aos jornalistas após a vitória da equipa feminina do Benfica sobre o Ponta de Frielas.

Sobre o estado de saúde: "Devem estar atentos, há coisas que não podemos falar praça pública constantemente, deu-se ao luxo de se brincar com a saúde das pessoas e quando se chega a esse ponto é baixar o nível de tudo e mais alguma coisa. Alguém disse que tive amnésia... Ao longo destes 18 anos, toda a gente sabe que não tive férias algumas e o trabalho está à vista de toda a gente. O Benfica tem um património como nunca teve, em termos desportivos tem uma estratégia como nunca existiu neste país e isso causa inveja a muita gente. E essa gente, em vez de tentar imitar ou seguir os nossos passos, entra por outros caminhos. Quanto mais nos atacam fora do campo, mais força vamos tendo e mais objetivos vamos ter e queremos ganhar, ganhar, ganhar. O meu estado de saúde foi uma situação forçada em que tive de parar. Parei e agora estou aqui".

Pirataria informática: "Sobre esse tema brevemente iremos falar, porque é muito profundo e as coisas começam a tocar nas extremidades. De resto, a justiça tem que funcionar e há de funcionar, toda a gente sabe que fui arguido num ou outro processo, tenho a consciência completamente tranquila em tudo o que fiz e haja alguém que aponte que estive com quem quer que seja ou que subornei quem quer que seja".