Premium Corchia à cabeça de revolução programada por Rui Vitória

Corchia à cabeça de revolução programada por Rui Vitória
Vítor Rodrigues

Tópicos

Lateral-direito cedido pelo Sevilha é uma das novidades que entram nos planos de Rui Vitória para a visita ao Sertanense

O jogo com o Sertanense, agendado para dia 18, irá ser aproveitado por Rui Vitória para rodar o onze e, em simultâneo, reservar os titulares habituais para o embate seguinte, da Liga dos Campeões, ante o Ajax, em Amesterdão, mas também para dar minutos e oportunidades a elementos que têm estado afastados das opções principais, num lote onde se enquadra o reforço Corchia, cuja titularidade está a ser equacionada pelo técnico das águias para a próxima eliminatória da Taça de Portugal.

O lateral-direito francês, que chegou à Luz por empréstimo dos espanhóis do Sevilha, vai ser preparado para suceder a André Almeida, único jogador do plantel que soma, até ao momento, todos os minutos dos 14 jogos já disputados pelo Benfica. Esta maratona do camisola 34 resulta dos problemas físicos que afetaram o nigeriano Ebuehi, que chegou e, pouco depois, foi operado ao ligamento cruzado anterior do joelho esquerdo - só poderá jogar em 2019 -, e também Corchia, operado ao menisco do joelho esquerdo poucos dias depois de ter chegado.

Já recuperado, o defesa de 27 anos foi convocado por Rui Vitória para os últimos três encontros dos encarnados, ante Chaves, AEK e FC Porto, mas acabou por assistir às partidas a partir da bancada por ser riscado da lista dos 18 nomes incluídos na ficha de jogo. Daí que a estreia esteja a ser preparada para a deslocação à Sertã, onde poderá potenciar o ritmo competitivo e passar a ser, efetivamente, um concorrente ao lugar ocupado por André Almeida.

Corchia é um dos quatro jogadores do plantel que ainda não somaram minutos nesta época, a par de Bruno Varela - perdeu a corrida para Vlachodimos e Svilar - e dos lesionados Ebuehi e Krovinovic, estando este muito perto do regresso.