Clésio: um goleador que foi à América e acaba como defesa

Clésio: um goleador que foi à América e acaba como defesa

Jovem internacional moçambicano foi titular frente ao Tondela.

Clésio foi a grande novidade de Rui Vitória em Aveiro, no jogo com o Tondela. O jovem, que completou 21 anos a 11 de outubro, foi titular e estreou-se de águia ao peito, isto no que toca à equipa principal, no flanco direto da defesa.

Clésio, internacional moçambicano, foi contratado em 2012 ao Ferroviário de Maputo, da sua cidade natal, numa altura em que era o melhor marcador do campeonato moçambicano, com seis golos.

Em 2014 foi emprestado ao Harrisburg City Islanders, dos Estados Unidos, e esta época somava quatro jogos pela equipa B.

Com 12 partidas com a camisola de Moçambique, a mais recente aposta de Rui Vitória é de origem avançado/extremo direito, mas até fez treinos como lateral-esquerdo. A intenção do treinador era, todavia, fazer de Clésio uma opção para o lado direito da defesa, como se viu frente ao Tondela.