"Treinadores não são magos", avisa Bruno Lage após Santa Clara-Benfica

"Treinadores não são magos", avisa Bruno Lage após Santa Clara-Benfica

Treinador do Benfica analisou vitória por 0-2 em casa do Santa Clara

Análise ao jogo: "Foi um jogo positivo da nossa parte. Tivemos uma entrada muito forte, uma primeira parte com oportunidades criadas. Depois a segunda parte com dinâmica muito boa, posicionamento muito bom, tirando partido do adversário jogar com 10 jogadores. Uns 15/20 minutos de melhor nível, em que podíamos ter terminado o jogo. Não conseguimos e demos os últimos minutos ao adversário. Devíamos ter mais bola e não perimir transições ao adversário."

Mudanças na equipa: "Foi mais um feeling. Mas há que perceber que os feelings não são de treinadores que são magos que têm bolas à frente. São de análise à equipa, ao adversário, de eu conhecer os jogadores do Benfica, treinar e mudar rotinas, perceber o que o adversário vai fazer, e deixar os nossos jogadores co nfortáveis. Independentemente de feelings, o importante é os jogadores perceberem e os benfiquistas perceberem que estamos a falar de futebol."