Benfica-Sporting: Rui Águas defende que dérbi é a "hora h" das 'águias' para o título

Benfica-Sporting: Rui Águas defende que dérbi é a "hora h" das 'águias' para o título

Um dérbi decisivo para o Benfica na corrida pelo título, assim considera Rui Águas, ex-jogador dos 'encarnados', na antevisão para a Lusa do duelo com o Sporting, da 16ª jornada da I Liga de futebol, marcado para quarta-feira.

Com as duas equipas separadas por apenas três pontos na classificação e ainda com o FC Porto a assistir confortavelmente de longe ao embate dos rivais de Lisboa, o antigo avançado reconhece que o tetracampeão enfrenta um momento determinante nas suas aspirações de chegar ao 'penta'.

"Jogando em casa, tudo o que não seja ganhar acho que é demasiado penalizador para a equipa para se antever algo de positivo no seguimento, mesmo estando só metade dos jogos feitos. Há momentos em que é 'sim ou sopas', e acho que este é o caso. É a hora h", afirmou o técnico português.

Sem deixar de enfatizar os "momentos completamente diferentes" dos dois conjuntos, Rui Águas entendeu que o Benfica "joga muito neste jogo" no presente e para o futuro.

"Além do resultado há toda uma reação que o Benfica precisa e tem de ganhar este jogo. Não só pelos pontos, mas por aquilo que vem a seguir e pelo que pode transmitir à equipa. E há aqui um terceiro elemento - e se calhar dos três o mais favorito nesta altura, o que tem sido mais capaz. É um jogo que faz parte dessa luta a três", referiu, em alusão ao FC Porto.

Por outro lado, o treinador luso admitiu que o Sporting pode jogar com a perspetiva de vitória ou empate, face ao seu maior conforto pontual na classificação.

"Empatar na Luz significa também condicionar muito o Benfica nesta corrida, enquanto para o Sporting a diferença em relação ao FC Porto é ainda reduzida. Por isso, poderá ser também um objetivo da equipa. Ao mesmo tempo, não me espantaria que o Sporting tentasse aproveitar o momento menos seguro do adversário para ser mais ambicioso", referiu.

Por fim, Rui Águas admitiu que um eventual desaire dos 'encarnados' no dérbi poderá mesmo fragilizar o treinador Rui Vitória, depois do afastamento do clube de Liga dos Campeões, Taça de Portugal e Taça da Liga, embora manifeste a sua convicção de que isso não estará na mente do presidente do clube, Luís Filipe Vieira.

"É sempre muito importante nestes clubes em que se exige a vitória que se mantenha uma ligação entre adeptos, clube e treinador. Acredito que não é ideia do presidente do Benfica fazer isso, embora, por vezes, as coisas sejam de tal maneira que obrigam a uma mudança. Não sei se será este o caso, mas espero que não. Mas que isso fragilizaria muito, não há dúvida", concluiu.

O dérbi entre Benfica, terceiro classificado, com 36 pontos, e Sporting, segundo com os mesmos 39 do líder FC Porto, referente à 16.ª jornada da I Liga de futebol, está agendado para quarta-feira, às 21:30, no Estádio da Luz, em Lisboa.