Águias abordam Enzo Pérez

Federico del Rio (Argentina) / Vítor Rodrigues

Tópicos

Com Gabriel difícil e perante a nega do Rennes por Siliki, os encarnados avaliaram a disponibilidade do argentino

Os responsáveis encarnados continuam no terreno em busca de um reforço para o meio-campo e depois das negociações por Gabriel, do Leganés, e da abordagem ao Rennes por Siliki, situações que não avançaram, foi agora feita uma aproximação, apurou O JOGO, ao argentino Enzo Pérez, que alinhou de águia ao peito entre 2011 e 2014.

Perante o impasse na contratação do luso-brasileiro Gabriel, com o Leganés a não abdicar de 12 milhões de euros pelo médio de 24 anos, os encarnados perguntaram por Siliki, francês de 22 anos do Rennes, mas também este processo não avançou. Aliás, a O JOGO, o líder do clube gaulês deixou bem claro qual é a sua intenção. "O Benfica não falou connosco diretamente, mas sim através de um intermediário. A nossa resposta foi clara, não vai sair do Rennes, pode escrever o que lhe digo, está completamente fora dos nossos planos vender este jogador", assegurou Olivier Letang. "Nem com jogadores incluídos, nem com dinheiro nenhum. Fica no Rennes", acrescentou ainda.

Pelas conclusões que já foram tiradas das incidências da pré-temporada, tanto Rui Vitória como a estrutura diretiva continuam a considerar essencial a contratação de mais um elemento para o meio-campo, estando definido como perfil qualidades semelhantes às apresentadas por Pizzi, mas acrescentando-lhe maior capacidade de recuperação de bola e dinâmica defensiva. É aqui que se enquadram os dois nomes já procurados e também Enzo Pérez, internacional argentino que se fez médio na Luz e rendeu 25 milhões de euros às águias na venda ao Valência.

Agora na Argentina, o médio de 32 anos do River Plate - desejado pelo Sporting, que abordou o clube mostrando intenção de o contratar por três milhões de euros -, entra nos planos do Benfica, como se percebe pelo contacto efetuado com o próprio. Segundo apurámos, os responsáveis encarnados procuraram saber qual é a sua situação no clube e se está com vontade de voltar a emigrar, numa abordagem que não foi uma proposta, mas sim uma aproximação. De momento, Enzo Pérez não estará a pensar deixar o seu país, por causa da família, mas não rejeitou já o cenário.