"Grimaldo a chorar no balneário, Pizzi a marcar mais de 20 golos... Falta liderança?"

"Grimaldo a chorar no balneário, Pizzi a marcar mais de 20 golos... Falta liderança?"

Questionado sobre a irregularidade da aposta em Samaris ao longo da temporada, Bruno Lage respondeu com exemplos de jogadores que considera "exemplos de liderança". O Benfica defronta o Rio Ave na quarta-feira, às 21h15.

Na antevisão do encontro entre Rio Ave e Benfica, marcado para as 21h15 de quarta-feira, Bruno Lage falou sobre a quebra atacante das águias e rejeitou responsabilizar apenas os jogadores.

"Entre o ganhar e o perder houve uma coisa que desceu, que foi o número de golos. Responsabilizar os nossos jogadores? Não, responsabilizar tudo. Até dois penáltis falhámos nessa fase. Não é olhar apenas para o marcar ou não marcar, o sofrer ou não sofrer. Não marcámos tantos golos como costumávamos marcar. No jogo do Braga na Luz, uma primeira parte muito boa, com oportunidades. Aos 46 minutos, uma bola parada e um golo. Mudou completamente o jogo. O mais importante é orientarmos o nosso trabalho, com foco e uma energia muito grande para que o próximo jogo seja uma oportunidade para voltarmos a aparecer como equipa", começou por referir o treinador das águias, que foi também questionado sobre a ausência de Samaris das opções no pós-retoma:

"É tudo uma questão de opção. Entendo perfeitamente a pergunta, e agora faço eu uma, que tenho boa memória e sou um indivíduo coerente. Dos últimos quatro jogos, sabe em quantos jogos o Samaris esteve em campo? Esteve em dois. Com Moreirense e V. Setúbal. A questão é da envolvência de toda a gente, de todos os jogadores que vivem o Benfica de forma apaixonada. O Grimaldo vinha de uma série fantástica e está no balneário a chorar por amanhã [quarta-feira] não poder dar o contributo à equipa, ou o Pizzi, que tem jogado sempre, tem muitos anos de Benfica, títulos, marca 28 golos esta época, um médio que marca acima de 20 golos, acha que falta liderança à equipa? Não é apenas um jogador, olhar para quem está dentro ou fora. Todos já estiveram dentro, todos já estiveram fora, com a ambição que temos e energia positiva. É nesse sentido que temos de orientar a nossa atenção para o jogo de amanhã", rematou Lage.