Gonçalo Ramos: a influência do pai, os vídeos em casa e a opinião sobre Lage

Gonçalo Ramos: a influência do pai, os vídeos em casa e a opinião sobre Lage
Paulo Nunes Teixeira

Tópicos

Gonçalo Ramos, avançado de 18 anos, brilhou na equipa B do Benfica e agora é um dos "reforços" chamados por Lage para o plantel principal. Falou sobre o passado, o presente e o futuro ao canal do clube.

Percurso: "Estou há 9/10 anos no Benfica. O meu irmão também tem jeito para a coisa e está nas escolas no Algarve"

Pai Manuel Ramos, antigo jogador, foi influência: "Sim, foi referência, apesar de nunca o ter visto jogar, tenho o bichinho pelo futebol graças a ele. Dá-me conselhos, depois dos treinos tenho sempre a mensagem dele. Temos em casa vários vídeos e golos dele. Somos diferentes, ele era mais baixinho que eu e mais rápido, não temos muitas semelhanças"

Versatilidade: "Sinto-me mais confortável como segundo avançado, médio ofensivo, atrás do ponta de lança. Tenho facilidade de entrar em zonas de finalização. Acho que tenho golo, mas tenho de melhorar rotinas, porque nem sempre joguei a ponta de lança".

Equipa principal: "É um ponto de chegada e partida, porque é um objetivo chegar e afirmar-me na equipa, Quero aproveitar a oportunidade e desfrutar. Já conhecia mister Lage, estive com ele na equipa B, aprendo pormenores táticos e técnicos, dicas que vão dando".