"Gala" não desiste de Gedson e vai aumentar a parada para convencer o Benfica

"Gala" não desiste de Gedson e vai aumentar a parada para convencer o Benfica
Pedro Miguel Azevedo

Tópicos

O treinador do emblema de Istambul mantém o camisola 83 das águias como primeira opção antes do fecho do mercado na Turquia. Na mesa podem ser colocados 10 M€, mais extras por objetivos

Apesar de ter sido incluído pelo Benfica como um dos 25 jogadores da lista A para a fase de grupos da Liga dos Campeões, Gedson ainda poderá vir a deixar os encarnados. Isto porque o Galatasaray, equipa treinada por Fatih Terim, não desistiu de garantir o médio e estará pronto a aumentar a parada para convencer Rui Costa, ele que tem uma boa relação com o técnico turco com quem trabalhou em Itália.

De acordo com a Imprensa da Turquia, o Galatasaray, que já tem visto o Benfica afastar possibilidades de negócio por Gedson nas últimas semanas, prepara um derradeiro "assalto" antes do fecho do mercado naquele país, na próxima quarta-feira. Na mesa das águias serão colocados dez milhões de euros e um valor extra por objetivos, adianta o jornal "Sabah".

Depois de ter tentado voltar a ter Gedson, que esteve emprestado ao clube na última meia época, o Galatasaray espera agora avançar com argumentos definitivos, ainda para mais depois de o rival Besiktas alegadamente ter saído da corrida, depois de contratar Pjanic.

A passagem de Gedson pelo Gala em 2020/21 deixou boa impressão e a sua contratação é vista como prioritária dado que pode desempenhar várias funções no meio-campo. E nem mesmo o facto de o jovem de 22 anos não poder participar na Liga Europa antes da fase seguinte, pois a lista de inscritos para a prova já foi entregue, parece resfriar o interesse.

Aliás, a saída do ex-FC Porto Falcao para o Rayo Vallecano, veio deixar mais disponíveis os cofres do emblema de Istambul dada a redução da massa salarial. Sem o "peso" do colombiano na folha de pagamentos, sobra um extra para fechar Gedson, aproximando-se mais das pretensões encarnadas. Esta época, o médio leva apenas sete minutos em campo (na primeira jornada, contra o Moreirense), o que deixa antever que Gedson enfrenta sérias dificuldades para jogar muito na Luz em 2021/22.