Futuro de Varela resolvido e inclui 500 mil euros nos cofres do Benfica

Futuro de Varela resolvido e inclui 500 mil euros nos cofres do Benfica
Vítor Rodrigues

Tópicos

Acordo para nova cedência do guarda-redes português está praticamente concluído.

Bruno Varela não entra nos planos de Bruno Lage para a próxima temporada. Ligado ao Benfica até junho de 2022, o guarda-redes português vai permanecer no Ajax mais uma temporada. Sem espaço no plantel encarnado, ao que apurámos o acordo para novo empréstimo está praticamente concluído, isto depois de Varela ter cumprido a segunda metade de 2018/19 nos holandeses.

Pela cedência do internacional sub-21 luso, o Ajax deverá pagar meio milhão de euros ao campeão nacional, além de suportar os salários do guardião de 24 anos. Na época que findou há cerca de um mês, Bruno Varela foi relegado para terceira opção nos encarnados, atrás de Vlachodimos e Svilar. Depois de ter sido titular em 2017/18, o jogador deixou de contar para Rui Vitória, que não lhe deu minutos. Quando Bruno Lage assumiu o comando técnico das águias, em janeiro, a saída já estava encaminhada para o Ajax, clube no qual também não somou tempo de jogo. Bruno Varela foi suplente de Onana, cujo futuro ainda não está definido, pois tem vários pretendentes. Como referiu numa recente entrevista a O JOGO, o guarda-redes ambiciona voltar a jogar em 2019/20, até porque acalenta esperanças de uma eventual chamada à Seleção Nacional, mas a tarefa do guarda-redes luso não será fácil, dado que enfrentará também a concorrência de Kjell Scherpen. Contratado ao FC Emmen, o jovem guarda-redes de 19 anos é considerado um dos atletas mais promissores da Holanda e o Ajax decidiu segurá-lo. Refira-se que no empréstimo de Bruno Varela deverá ficar salvaguardada uma futura opção de compra, que na cedência anterior estava fixada em cinco milhões de euros.