Flamengo soube que Jesus ia sair após incidente com Gabigol, revelam no Brasil

Flamengo soube que Jesus ia sair após incidente com Gabigol, revelam no Brasil
Redação

Tópicos

Episódio é descrito numa reportagem do Extra, da Globo, sobre o impacto da saída de treinadores dos clubes brasileiros. A de Jorge Jesus para o Benfica terá sido comunicada a 1 de julho, antes de ser oficializada, a 17.

Uma reportagem do Extra, da Globo, difundida esta sexta-feira, conta que a saída de Jorge Jesus do Flamengo, no verão, para assumir o Benfica, ocorreu num momento de desgaste no relacionamento com os jogadores.

A decisão do treinador, revela-se, terá sido comunicada aos responsáveis do clube brasileiro a 1 de julho, depois de um incidente com Gabigol. Viria a ser oficializada no dia 17 desse mês.

Os atacantes Bruno Henrique e Gabigol são apontados como jogadores já sem paciência para o rigor de Jorge Jesus. Sobretudo o último, que a 28 de junho abandonou um treino após ser repreendido pelo treinador. "Para mim, deu", terá afirmado.

A tensão aumentou no dia seguinte, quando o plantel via vídeos sobre o Boavista, o adversário seguinte, e Jesus perguntou a Gabigol se tinha algo a dizer. O avançado, relata-se, terá primeiro abanado a cabeça em sinal negativo, para depois reagir: "Cada um sabe de si".

A sessão ficou por ali, o avançado não foi convocado e, a 1 de julho, antes do jogo com o Boavista, Jesus comunicou a saída, relata o Extra nesta reportagem a propósito do impacto da saída de treinadores em vários projetos de clubes brasileiros.