"Falta de apoio? Percebo o que é um momento que não tem nada a ver com futebol..."

"Falta de apoio? Percebo o que é um momento que não tem nada a ver com futebol..."

Bruno Lage, treinador do Benfica, foi questionado sobre a ausência de público e sobre uma possível falta de tolerância dos adeptos.

Ausência de público: "Na minha opinião sinto claramente a ausência daquilo que é o Benfica. A alma do Benfica são os adeptos. É só recordar o que vivemos o ano passado quando fomos a Vila do Conde, o corredor e aquele mar de gente a apoiar-nos, que quase chegamos em cima da hora do jogo, mas que nos passou uma energia positiva que nós sentimos de antemão que o campeonato estaria do nosso lado. O que passámos com o Tondela este ano passámos no ano passado em que 60 mil pessoas nos empurraram para a vitória. Adeptos têm-nos acompanhado de forma apaixonada. É ausência de algo que naquele momento em que não é só o treinador ou o banco que está a puxar, mas sim todo o ambiente, quando passa o autocarro, com a equipa a chegar ao hotel, e fundamentalmente nos 90 minutos. Até porque nunca me senti, com uma ou outra exceção normal, a jogar fora de casa, pelo apoio fantástico que temos recebido".

Sente falta de liderança em campo? "Não"

Esperava mais tolerância dos adeptos? "A paixão é isso. Já no ano passado referi isso. Viver apaixonado é isso. Sinto apoio das pessoas. Se estão satisfeitas? Não. Nós não estamos satisfeitos, queremos fazer mais e melhor, toda a gente continua empenhada para fazer mais e melhor e dar alegrias às pessoas que nos apoiam. Quando estamos a dar resultados positivos a paixão é uma coisa fantástica, quando não é, é a crítica de momento, mas nunca nunca senti falta de apoio, nem eu nem os jogadores. E aqui há uma coisa muito importante, que é perceber, e eu percebo perfeitamente e os jogadores também, aquilo que é um momento que acontece, que não tem nada a ver com futebol. Nós encontrámos um e vocês sabem a que me estou a referir. Outra que é um verdadeiro adepto que gosta de futebol e apoia a equipa".