Etapa no PSV "vale" nota 7,5 a Roger Schmidt: "Se tivesse ficado mais um ano..."

Etapa no PSV "vale" nota 7,5 a Roger Schmidt: "Se tivesse ficado mais um ano..."

Avaliação feita por Toon Gerbrands, diretor-geral do clube dos Países Baixos.

Com dois títulos no PSV, a Supertaça e a Taça, ambos conquistados em 2021/22, Roger Schmidt recebeu uma avaliação positiva de Toon Gerbrands, diretor-geral do PSV durante os últimos oito anos e agora de saída.

"Se olharem para tudo, é um 7,5. Acrescentaria mais ponto e meio se tivéssemos sido campeões", afirmou à Imprensa neerlandesa, lamentando a saída: "Gostaria de tê-lo mantido por mais um ano. Com o investimento feito e a ideia de jogo a crescer, teríamos dado um passo em frente se ficasse mais um ano", disse.

Schmidt, que chegou a acordo com os encarnados para as próximas duas temporadas e chegou ontem, terça-feira, a Lisboa. Antes do PSV, conquistou uma Taça da China pelo Beijing Guoan, já depois de ter orientado os alemães do Bayer Leverkusen, mas os maiores sucessos foram alcançados no emblema austríaco Salzburgo, com um título de campeão nacional e a taça local.