"Espero que Roger Schmidt ajude o futebol português a crescer e a refletir"

"Espero que Roger Schmidt ajude o futebol português a crescer e a refletir"
Redação com Lusa

Tópicos

Declarações de Luís Campos, em declarações à comunicação social esta terça-feira, à margem do 16.º Congresso Internacional de Futebol, que decorre na Universidade da Maia.

Luís Campos, em declarações à comunicação social esta terça-feira, à margem do 16.º Congresso Internacional de Futebol, que decorre na Universidade da Maia, onde dissertou durante mais de uma hora sobre a temática "Futebolista de hoje e conquista do futuro", endereçou as "boas-vindas" ao técnico alemão Roger Schmidt, que chegou a Portugal para rubricar um contrato de duas temporadas com o Benfica.

"Espero que saia um dia com um contributo muito positivo, não só para o seu clube, mas, sobretudo, trazendo aquilo que qualquer estrangeiro deve trazer quando está a trabalhar noutro país. Isto é, coisas novas que ajudem o futebol português a crescer e a refletir sobre as ideias que coloca em campo. No fundo, que acrescente algo", começou por dizer o mentor dos projetos futebolísticos que levaram Mónaco (2016/17) e Lille (2020/21) a serem campeões franceses frente ao poderoso PSG, clube ao qual tem vindo a ser associado.

"Ele tem um currículo muito rico para isso e espero que possa aportar momentos bons ao futebol português", concluiu.