"Espero que o Bayern olhe para o jogo com respeito e ponha os melhores"

"Espero que o Bayern olhe para o jogo com respeito e ponha os melhores"
Redação

Tópicos

Declarações de Jorge Jesus no final do Barcelona-Benfica (0-0)

Como se sente o treinador: "Este é um Jorge Jesus arrasado, totalmente. Tenho tantos anos de treinador e nunca vi um jogador meu falhar um golo assim. Achava que era impossível, mas isto é futebol. Mesmo ganhando não íamos garantir a qualificação, mas agora estamos dependentes de outro resultado. E quando assim é pode correr mal. Espero que o Bayern olhe para o jogo com respeito e ponha os melhores a jogar, porque assim pode ajudar-nos"

Bayern-Benfica pode ser à porta fechada: "É à porta fechada? Até nisso não temos sorte. Se calhar já é um sinal... Temos de fazer o nosso trabalho, mas já é um dado que ajuda muito o Barcelona: não jogar com aquele ambiente em Munique. Só espero que o Bayern faça o que faz bem, pois assim ganhará, com maior ou menor dificuldade."

É este ano que Jorge Jesus chega aos "oitavos"? Ajuda de terceiros? "Acreditava que ia ser hoje, que venceríamos o Barcelona, uma grande equipa, com um novo treinador e com os adeptos a empurrar a equipa. Sabia do nosso valor, da nossa organização defensiva, sabia que o Darwin, entrando mais tarde, podia dar-nos outras coisas e deu. Mas, se calhar não vou ter a sorte de um terceiro me ajudar a passar. Vim convencido que ficávamos apenas dependentes de nós, foi para isso que trabalhámos."

Foi dos melhores jogos seus pelo Benfica? "Não, nem pouco mais ou menos. Mas foi um dos jogos que, no final, mais sofri. Falo da jogada do Haris [Seferovic]. A equipa foi muito bem organizada defensivamente, muito forte. Houve alguns jogadores com qualidade individual que não renderam, como Rafa, Everton, João Mário. Ofensivamente podiam dar mais qualidade à equipa.
Defensivamente o Benfica esteve muito bem. É verdade que o Barcelona teve uma ou outra ocasião de golo, mas é normal. Estivemos num nível muito alto."