"Espantoso que os negócios do Benfica se continuem a cruzar com os de Paulo Gonçalves"

"Espantoso que os negócios do Benfica se continuem a cruzar com os de Paulo Gonçalves"
Redação

Tópicos

João Noronha Lopes, candidato à presidência do Benfica, pronunciou-se sobre o envolvimento de Paulo Gonçalves no fecho das negociações por Darwin Núñez.

A candidatura de João Noronha Lopes condenou esta sexta-feira o envolvimento de Paulo Gonçalves nas negociações entre o Benfica e o Almería por Darwin Núñez, avançado uruguaio que vai reforçar o clube da Luz.

O ex-assessor jurídico das águias e arguido no processo E-Toupeira apresentou-se na qualidade de representante dos empresários do jogador de 21 anos, algo que causou estranheza a Noronha Lopes, candidato à presidência do Benfica.

"Passaram dois anos desde que Paulo Gonçalves deixou o departamento jurídico da SAD para preparar a sua defesa. Mandaria o bom senso - e um mínimo de responsabilidade institucional - que os implicados neste caso optassem por conservar alguma distância nos cargos que desempenham. É por isso espantoso que os negócios do Benfica se continuem a cruzar com os de Paulo Gonçalves, quase sempre em circunstâncias que o comum dos Benfiquistas é incapaz de compreender. No mínimo, é uma coincidência preocupante, e continua a causar danos reputacionais", assinala a candidatura de Noronha Lopes, prosseguindo:7

"Mas as evidências sugerem algo mais grave. Dizem-nos que Luís Filipe Vieira é hoje um presidente que defende interesses que não coincidem com os do Benfica. Precisamos urgentemente de pôr fim a este ciclo e dar lugar a novos protagonistas. É o que farei", rematou.