Exclusivo "Demonstrámos que éramos muito mais fortes e muito mais equipa que a Juventus"

"Demonstrámos que éramos muito mais fortes e muito mais equipa que a Juventus"

Percorra a galeria de imagens acima clicando sobre as setas.

Ex-guardião esteve na última e épica meia-final frente à Juventus e acredita que há qualidade para repetir a dose. A Vecchia Signora é um adversário de alto quilate, mas "não é um bicho-papão". Porém, diz o antigo jogador das águias, a nova equipa encarnada terá de provar em campo "que está no caminho certo".

É com confiança que Artur Moraes encara o jogo de amanhã entre Benfica e Juventus, em Turim, referente à segunda jornada da fase de grupos da Liga dos Campeões. Este será um duelo que se repete oito anos depois de uma meia-final da Liga Europa, com contornos épicos, que valeu o apuramento das águias, num desfecho vitorioso que o ex-guardião encarnado acredita poder repetir-se, embora adivinhando que vai ser "preciso saber sofrer".

As imagens dos dois jogos, realizados em abril e maio de 2014 continuam bem frescas na memória do antigo jogador, que defendeu as redes no triunfo na Luz por 2-1 e foi suplente de Jan Oblak no nulo arrancado na segunda partida. "Foi uma meia-final marcante da Liga Europa, com a Juventus muito mais experiente e nós muito confiantes porque já éramos campeões e tínhamos muita qualidade. Fizemos dois grandes jogos e conseguimos demonstrar que éramos muito mais fortes e muito mais equipa que a Juventus", refere Artur Moraes, a O JOGO.