De Tomás não vingou no Benfica e Tiago Pinto explica: "Gerou muita expectativa..."

De Tomás não vingou no Benfica e Tiago Pinto explica: "Gerou muita expectativa..."

Avançado espanhol atravessa um dos melhores momentos da carreira no Espanhol.

Foi no verão de 2019 que o Benfica anunciou a sonante contratação de Raúl de Tomás, avançado espanhol que chegou à Luz com rótulo de craque e reforço de peso, tendo custado 20 milhões de euros aos cofres encarnados.

Porém, o rendimento não correspondeu às expectativas e, meia época depois, RDT, como era conhecido, rumou ao Espanhol por 22,5 M€ - variáveis incluídas -, deixando poucas saudades no clube lisboeta. Ora, esta quinta-feira, num congresso de futebol organizado pelo jornal As, Tiago Pinto, antigo diretor desportivo do Benfica, lembrou a passagem pouco frutífera de De Tomás pela Luz e atribuiu o falhanço ao contexto.

"[De Tomás] Gerou muita expectativa, mas não correu bem. Era um jogador muito bom, fizemos um grande trabalho de scouting, mas o contexto não foi o melhor. Este ano foi o 'pichichi' [da II Liga espanhola], isso ilustra a sua qualidade", assinalou o agora dirigente da Roma.

Mais de um ano depois de ter deixado o Benfica, De Tomás converteu-se num ídolo para os adeptos do Espanhol: em 2020/21, época em que o clube catalão garantiu o regresso a La Liga, o avançado, de 26 anos, apontou 23 golos em 38 partidas oficiais. De aguia ao peito, foram três golos em 17 jogos.