"Darwin? Ficou um pouco aquém do que eu esperava enquanto treinador"

"Darwin? Ficou um pouco aquém do que eu esperava enquanto treinador"

Declarações de Pedro Emanuel, treinador que trabalhou com o avançado no Almería, em entrevista ao programa "Linha de Golo", da New Men.

Pedro Emanuel é o convidado de mais um programa "Linha de Golo", da New Men. Em entrevista concedida ao jornalista Rui Miguel Mendonça, o treinador português falou sobre a primeira época de Darwin Nuñez no Benfica, admitindo que esperava mais do avançado uruguaio. De recordar que o técnico trabalhou com Darwin no Almería, tendo mesmo sido o próprio a dar o aval à sua contratação pelo clube espanhol.

"Ele tem muito mais [para dar]. Tem um potencial tremendo e por isso mesmo ficou um pouco aquém do que eu esperava enquanto treinador. Naturalmente, o pouco tempo que trabalhámos junto e o aval que dei na altura para a sua contratação foi um pouco naquela perspetiva que [Jorge] Jesus teve quando o foi buscar ao Almería", começou por afirmar sobre o avançado de 22 anos, explicando de seguida.

"Ele ainda é jovem, é muito exigente com ele próprio e acho que isso, se por um lado é positivo, noutros momentos é inibidor. E ele tem uma particularidade que me apraz bastante. Não só o ser jovem, mas ser um jogador de equipa, que se sacrifica e trabalha para a equipa. É egoísta quando tem de o ser. Pode dar mais e acho que Jesus, mais do que ninguém, tem capacidade para retirar mais de jogadores com as qualidades do Darwin", disse, para depois concluir.

"Espero mais nesta segunda época, acho que o Benfica também precisa mais dele na sua frente de ataque e acho que é o que vai acontecer, porque ele é um trabalhador nato e a qualidade está lá, é só preciso conseguir pô-la ao serviço da equipa da melhor maneira e nos melhores momentos."