Cervi: oficialização para breve

marco gonçalves

Tópicos

O Benfica ganhou a corrida ao Sporting pelo extremo do Rosário Central, pagando 4,6 milhões de euros por 90 por cento do passe e suportando ainda os 15% da transferência a que o jogador tem direito

A oficialização de Franco Cervi como reforço do Benfica está por horas e o negócio pode mesmo ser anunciado hoje. O Rosário Central disputou ontem o dérbi com o Newell"s Old Boys, partida que obrigou os responsáveis do emblema de Santa Fé a adiar para o início desta semana o reconhecimento público da venda do jovem talento, de forma a não desconcentrar a equipa e a evitar a contestação dos adeptos, que já começou a surgir fruto do nulo frente ao rival.

Cervi falhou o desafio devido a lesão - uma distensão muscular -, o que atrasou a realização dos exames médicos, ainda que o seu treinador, Eduardo Coudet, tenha apontado outra versão, sublinhando o seu desconforto face à situação do atleta. "A lesão dele está relacionada com a intranquilidade em relação ao futuro. Nem uma unha doeu ao rapaz nos nove meses em que trabalhámos", atirou, na antevisão do desafio com o Newell"s.

[destaque:4776100]

Depois de o Sporting ter iniciado negociações com o Rosário Central para a contratação de um jogador que já foi comparado a Di María, o Benfica atacou o processo em força, apresentando argumentos financeiros mais atraentes do que o rival e que lhe permitiram superar a concorrência deste. Luís Filipe Vieira conseguiu reduzir de 20 para 10 a percentagem a que os argentinos terão direito numa futura venda, tendo para isso sido obrigado a colocar em cima da mesa 4,6 milhões de euros precisamente por 90 por cento do passe. A parada das águias não se ficou por aqui, já que o Benfica aceitou ainda suportar os 15 por cento da transferência a que o jogador tem direito (no valor de 690 mil euros), oferecendo também um salário mais alto do que aquele que o Sporting propôs; vai pagar 450 mil euros limpos, mais 50 mil do que o rival.