Bruno Lage fez as contas: seis jogadores nos oitavos de final da Champions

Bruno Lage fez as contas: seis jogadores nos oitavos de final da Champions

Bruno Lage fez esta sexta-feira a antevisão ao encontro com o Santa Clara, dias depois de mais um desaire na Liga dos Campeões.

Bruno Lage fez esta sexta-feira a antevisão ao encontro com o Santa Clara, da jornada 11 do campeonato. O treinador do Benfica foi questionado sobre uma eventual mudança de estratégia por parte do clube: mais contratações e menos aposta na formação. Isto tendo como pano de fundo uma Champions longe do esperado.

"São opiniões. Se a cada desaire tivermos que mudar o nosso rumo, não temos estratégia. Podemos fazer outro tipo de análise. Há muitos anos atrás dizia-se que era quase impossível vencer o campeonato inicial tendo como base uma equipa vinda da formação. O Benfica tem provado isso. O passo seguinte é termos a capacidade de fazer competições europeias à dimensão do clube, mas seguindo uma filosofia. Veja a questão por outro lado, tendo o Benfica capacidade para segurar os melhores jogadores da formação... Seguramente nos próximos oitavos de final, seis desses jogadores estarão lá. Quando a situação financeira estiver estabelecida, conseguiremos segurar os jogadores. Temos essa ambição e exigência, mas nada nos pode tirar deste projeto. As pessoas que lideram o Benfica acreditam que esta é a estratégia, e nós, independentemente dos resultados, não podemos fugir dela", afirmou.

"O foco é sempre a nossa forma de estar na vida. Os jogadores estão habituados a isso. Enquanto jogadores e treinadores de equipa grande, não podemos olhar para trás e pensar no que perdemos ou ganhámos. É fechar um jogo, fazer a análise do jogo e olhar para o adversário, com os seus pontos fortes e as oportunidades que nos dão para ter espaços", acrescentou.

Sobre o Santa Clara, Lage deixou elogios ao trabalho de João Henriques. "O nosso objetivo é sair de lá na mesma posição e para isso temos que fazer um grande jogo. Vamos jogar contra uma equipa bem trabalhada pelo João Henriques, que tem apresentado um bom futebol, com vitórias, que está tranquila. É uma equipa que domina dois sistemas muito bem. Poderemos ter que jogar contra mais uma linha de cinco. Temos que estar preparados para todas as eventualidades, para terminar este ciclo de sete jogos líderes do campeonato", observou.