Bruno Lage fala em "carambola" e justifica estreia de Zivkovic

Bruno Lage fala em "carambola" e justifica estreia de Zivkovic

Bruno Lage, treinador do Benfica, falou à SportTV na ressaca do encontro em casa do Covilhã.

Análise: "Não marcámos os golos que devíamos ter marcado. Na primeira parte não criámos oportunidades suficientes para fazer golo, mas na segunda fizemos o suficiente para vencer. O Covilhã marca através de uma carambola, um jogador bate na bola e isola o jogador do Covilhã [Bonani]... Eles ficam em vantagem e foram gerindo da maneira que puderam. Nós podíamos ter dado a volta ao jogo e merecíamos ter ganho. Mas eles bateram-se bem e também há alguma justiça no ponto que conquistaram."

Gestão do plantel: "Temos um plantel vasto, com 26 jogadores. Jogámos de três em três dias, em várias competições, e todos vão tendo oportunidades. Queremos toda a gente pronta para jogar. Nos últimos três jogos vários jogadores tiverem essa oportunidade e a mim cabe-me a decisão de escolher um onze. Todos têm trabalhado com a mesma intensidade e ambição."

Estreia de Zivkovic: "Tinha de optar por um onze. Quis procurar o jogo interior e o pé esquerdo do Zivkovic para criar situações de finalização Pela largura do campo, tínhamos de manter a linha de trás e depois procurar com Jota e Zivkovic as situações de finalização. As oportunidades são assim, independentemente do tempo que joguem, a titular ou não, todos têm de mostrar valor ao treinador e aos adeptos. Os adeptos pedem A, B, C ou D e é neste tipo de jogos que se mostra. É fundamental toda a gente ver o que cada um vai produzindo em campo."