"Benfica tem de ser campeão europeu? Sinto muita leviandade neste período eleitoral"

"Benfica tem de ser campeão europeu? Sinto muita leviandade neste período eleitoral"

Rui Costa, número dois da lista de Luís Filipe Vieira à presidência do Benfica, diz que os candidatos adversários falam da obrigação de os encarnados vencerem um título europeu sem medirem as dificuldades para lá chegar.

Em entrevista à TVI, onde esteve ao lado de Luís Filipe Vieira, Rui Costa comentou a forma como os candidatos adversários falam sobre a eventualidade de o Benfica vir a conquistar um título europeu. O candidato a vice-presidente das águias diz que esse é um objetivo da atual direção, mas que as dificuldades para o atingir são muitas e que não se pode falar do assunto com "leviandade".

"É muito fácil dizer que o Benfica tem de ser campeão europeu. Dizer isso sem medir as dificuldades. A construção de todos os plantéis foi feita com a ambição de chegar muito longe na Europa, mas é preciso preparar esse caminho para lá chegar. É isso que temos procurado fazer. Nos últimos anos, não temos estado bem na Liga dos Campeões e temos de recuperar a credibilidade europeia. Daí este mercado ter tido tantos jogadores para disputar essas provas, para termos ambição de chegar a uma final europeia. Falhámos o objetivo na fase de grupos da Champions e não nos escondemos disso. Mas saídos da Champions, há a Liga Europa. E não há nenhum jogador que não pense em chegar à final desta competição", começou por referir Rui Costa.

"Não podemos fugir à responsabilidade ou temer o que temos pela frente, mas temos de ser reais. Não é uma competição interna, há clubes europeus com capacidade financeira que é o triplo ou quádruplo da nossa. Temos de estar a um nível muito alto e vamos procurar isso, mas medindo as dificuldades. Sinto muita leviandade neste período eleitoral, muita gente a dizer que o Benfica tem de ser campeão europeu. Basta ver quem lá chegou nos últimos anos, onde estão esses clubes. Não se pode falar desta competição assim, com leviandade. Mas dentro do Benfica não há ninguém que não acredite que é possível", atirou o atual administrador da SAD das águias.