Benfica: só por uma vez o 1-0 foi insuficiente

Benfica: só por uma vez o 1-0 foi insuficiente

Só o Anderlecht, em 2004/05, conseguiu dar a volta depois de perder 1-0 na Luz.

Nas 13 vezes em que venceu a primeira mão de uma eliminatória europeia por 1-0, o Benfica passou de ronda em 12.

Foi este o resultado ontem obtido (golo de Mitroglou, aos 48') frente ao Borússia Dortmund, na primeira mão dos oitavos de final da Liga dos Campeões, pelo que, historicamente, as águias têm razões para estarem otimistas.

Apenas uma vez os encarnados não conseguiram o apuramento em contexto semelhante: foi em 2004/05, na terceira pré-eliminatória da Liga dos Campeões, contra o Anderlecht.

O Benfica venceu 1-0 em Lisboa, mas em Bruxelas os belgas recuperaram, ganhando por 3-0.

A contar para os "oitavos" da Champions, a equipa bateu o Liverpool em 2005/06 por 1-0, vencendo em Inglaterra por 2-0.

Na época passada, diante do Zenit, 1-0 em Lisboa e 2-1 em São Petersburgo ditaram o apuramento português.

Em outras dez ocasiões nas provas europeias, sucedeu algo de semelhante: vitória por 1-0 em casa na primeira mão e apuramento como resultado final da eliminatória.