Benfica desmente empregar sobrinho de "um funcionário judicial"

Benfica desmente empregar sobrinho de "um funcionário judicial"

Revista "Sábado" tinha avançado com informação

O Benfica desmentiu, através do site oficial, a informação de que teria como empregado, no Museu Cosme Damião, um sobrinho de um funcionário judicial, conforme adiantou a revista "Sábado".

A revista informou que o Benfica tinha contratado Fernando Rocha, sobrinho de José Silva, técnico do Instituto de Gestão Financeira e Equipamentos da Justiça, como contrapartida dada por Paulo Gonçalves, assessor jurídico do Benfica.

Leia o comunicado do Benfica:

"A Sport Lisboa e Benfica - Futebol, SAD esclarece que é falsa a informação veiculada por alguns órgãos de comunicação social de que Fernando Rocha, sobrinho de um funcionário judicial, teria sido contratado pelo Sport Lisboa e Benfica e trabalharia no Museu Benfica Cosme Damião.

Essa informação carece de qualquer fundamento sério porque invoca o nome de alguém que não pertence, nem nunca pertenceu, aos quadros profissionais de qualquer estrutura do Sport Lisboa e Benfica e Sport Lisboa e Benfica - Futebol, SAD.

Quanto a nós conviria apurar a responsabilidade pela divulgação desta gravíssima falsidade."