Mau tempo nos Açores: adjunto de Jorge Jesus foi ver relvado antes do Santa Clara-Benfica

Mau tempo nos Açores: adjunto de Jorge Jesus foi ver relvado antes do Santa Clara-Benfica

Percorra a galeria de imagens acima clicando sobre as setas.

Frederico Bártolo

Tópicos

Rajadas de 40km/hora eram preocupação antes do arranque do encontro, mas chuva passou a ser o maior temor dos encarnados.

Os responsáveis de Benfica e Santa Clara estiveram à conversa antes do arranque do jogo. Devidamente recolhidos perto da zona de acesso aos balneários, procurava-se acertar se o encontro ia mesmo em frente tendo em conta o temporal que se abateu em São Miguel, bastando relembrar o jogo do Santa Clara com o Paços de Ferreira de fevereiro do ano passado, que acabou adiado.

As rajadas de 40km/hora do início da tarde eram a maior preocupação - recorde-se que a região está sob alerta laranja e com máximas de vento previstas de 95km/hora -, às quais se juntou a chuva forte que caiu no estádio do Santa Clara a uma hora do encontro.

Pietra, adjunto de Jesus, veio ao relvado para perceber as condições para a prática, vendo como várias zonas ficaram com lama e portanto impossibilitando a bola de rolar.

Sabe O JOGO que a realização do encontro não esteve em causa por parte das equipas, dependendo sempre da avaliação feita no relvado pela equipa de arbitragem. Unanimemente, a Imprensa local afirma que em 2020/21 nenhum outro encontro em casa por parte do Santa Clara teve condições tão difíceis.