A reação de Rui Vitória aos autogolos, à expulsão e à contestação

A reação de Rui Vitória aos autogolos, à expulsão e à contestação

Treinador do Benfica comentou a derrota por 2-0 frente ao Portimonense, avisando que a concentração tem de ser máxima.

Análise
"Nestas alturas, pouco há a dizer. Em alta competição, erros como os que cometemos pagam-se caro. Cometemos dois deslizes numa altura em que o Portimonense quase não tinha ido à nossa baliza. Quando se dá um avanço, paga-se caro. Mudámos para a segunda parte, mas a expulsão do Jonas também nos deixou limitados. Há que melhorar e há que ter noção que em alta competição a concentração tem de ser máxima".

Mudança de comportamento em relação ao Braga
"Foi um jogo atípico. Não me lembro de ver dois autogolos sofridos pelo Benfica, há muitos anos que não acontecia. A equipa vem cheia de vontade, de motivação, mas sofre um golo, sofre outro quase do nada... é condicionante. Não há uma explicação para mudar em relação ao jogo anterior".

Contestação
"Isso é percetível. O futebol é emoção e as pessoas nestas alturas não estão para raciocinar. Percebemos perfeitamente".