"Tivemos de nos agarrar ao ouro. O Luiz Felipe fez duas grandes defesas"

"Tivemos de nos agarrar ao ouro. O Luiz Felipe fez duas grandes defesas"
Redação com Lusa

Tópicos

Declarações de Franclim Carvalho, treinador do Belenenses, após o triunfo por 1-0 frente ao Vizela, na ronda 30 do campeonato.

O jogo: "Nos primeiros dois ou três minutos, estivemos na área do adversário, mas, depois, houve um período em que o adversário ganhou ascendente. Tivemos aquela saída que deu golo e, depois, tivemos de nos agarrar ao ouro. O Luiz Felipe faz duas grandes defesas, mas é o trabalho dele."

Contas: "Não adianta estarmos a olhar para as contas finais. Agora, vamos descansar um bocado e, na terça-feira, começar a preparar o próximo jogo."

Boa fase: "Quando começámos a somar pontos, é normal que o jogador comece a ganhar algum conforto. Isto mexe com o lado emocional. Dou muito valor à coesão e à entreajuda no grupo. Os resultados ajudam. Como temos conseguido algumas vezes manter a baliza a zeros, ganhar e empatar, isto reforça o grupo e é um dos pontos muito positivos deste jogo."

Futuro: "Dei a garantia que tinha a certeza de que íamos fazer mais pontos do que na primeira volta. Já fizemos e, agora, temos de ir à procura de mais. Não controlamos os jogos dos adversários e não adianta pensarmos nisso. Sabemos que continuamos sem depender única e exclusivamente de nós, mas também sabemos que, se ganharmos os nossos jogos, poderemos conseguir o objetivo."

Baraye: "Tem evoluído muito e vai continuar a evoluir. Teve seis ou sete meses sem competir e isso nota-se na sua forma de jogar. Tenho de realçar o compromisso do Yves, é um jogador de equipa e um exemplo para os colegas. Tem de continuar a trabalhar".