Tarde diferente para o Belenenses: sessão de cinema a ver Mortal Kombat

Tarde diferente para o Belenenses: sessão de cinema a ver Mortal Kombat

Percorra a galeria de imagens acima clicando sobre as setas.

Redação com Lusa

Tópicos

O treinador do Belenenses salientou a importância do fortalecimento do grupo, que viveu uma tarde diferente, com uma ida ao cinema, em plena preparação para a 31.ª jornada da I Liga

Jogadores, equipa técnica, "staff" e estrutura acorreram aos cinemas do centro comercial Oeiras Parque, onde assistiram ao filme "Mortal Kombat" e no qual Petit fez, no final da sessão, a antevisão ao duelo que opõe os lisboetas ao Portimonense.

"É um treino diferente, digamos assim. É importante ter coisas diferentes para além do campo. Um cinema ou ir a uma praia, são coisas em que sais do "habitat" do dia-a-dia do treino e fortalece o grupo. Acabámos o treino, fomos almoçar e estamos aqui a ver uma coisa diferente, um filme", explicou Petit, numa conferência de imprensa original.

Sentado numa das cadeiras da sala de cinema, o técnico dos "azuis" frisou que o Belenenses tem todos os dias "um bom ambiente, bom balneário e bom espírito de grupo", o que considera tão necessário quanto "o nível técnico e tático", com estes momentos a ajudarem sobretudo os atletas estrangeiros que estão longe das famílias.

No filme "Mortal Kombat", cada lutador possui uma "arcana", ou seja, um poder especial, que precisam de descobrir e aperfeiçoar. Da ficção para a realidade, Petit revelou que o poder do Belenenses é o grupo em si e a luta constante por vitórias.

"A nossa "arcana" é o grupo em si. Tem sido isso desde o início da época, um plantel fantástico, de grupo. Passa todos os dias por trabalharmos ao máximo, chegar aos jogos, lutar pelos três pontos e consegui-los. Assim, damo-nos por satisfeitos por termos feito um bom trabalho durante a semana e ter os três pontos", revelou.

Com esta iniciativa, Petit apontou que "é seguro" ir ao cinema, numa altura em que, a pouco e pouco, as atividades começam a reabrir, embora falte ainda o público nos estádios, o que "é sempre um incentivo para tudo o que mexe com o futebol".

Sobre o Portimonense, o próximo adversário, Petit realçou ser "mais um jogo extremamente difícil", diante de uma das equipas "mais fortes fisicamente, com jogadores de qualidade", mas o Belenenses pretende aproveitar o fator casa.

"Sabemos da importância do jogo. Vão estar três pontos em disputa. Respeitamos sempre o adversário, mas queremos dar continuidade e, se conseguirmos esses três pontos, estaremos perto do objetivo de conseguirmos a manutenção", sublinhou.

Os avançados Miguel Cardoso e Cassierra "fizeram os primeiros minutos de treino hoje" e Petit espera poder contar com eles para o próximo jogo, após falharem a visita ao Paços de Ferreira, tal como Silvestre Varela, poupado, mas o técnico elogiou o trabalho de Bruno Ramires e Francisco Teixeira a jogarem em posições distintas.

O Belenenses, 11.º classificado, e o Portimonense, 10.º, ambos com 34 pontos, defrontam-se no Estádio Nacional, em Oeiras, para a 31.ª jornada da I Liga de futebol, na quinta-feira, às 17:00, com arbitragem de Manuel Mota, da associação de Braga.