"Se pudéssemos competir todos os dias, competíamos"

"Se pudéssemos competir todos os dias, competíamos"

Pedro Ribeiro desvalorizou a semana conturbada do adversário, com a saída de Augusto Inácio.

O treinador do Belenenses SAD, Pedro Ribeiro, disse esperar um Aves "competente" e em busca dos três pontos, na oitava jornada da I Liga, antevendo um jogo "extremamente competitivo", no sábado.

Em conferência de imprensa de antevisão à partida, Pedro Ribeiro desvalorizou a semana conturbada do adversário, com a saída de Augusto Inácio, que foi substituído interinamente por Leandro Pires, após a eliminação na Taça de Portugal (derrota 5-2 com o Farense, da II Liga).

"Sabemos que vamos defrontar uma equipa competente e que, fruto dos últimos resultados, quererá inverter esse ciclo. A incerteza é muito maior do que quando há a possibilidade de conhecer a equipa, mas estamos à espera de um adversário motivado e que quer a vitória. Será um jogo extremamente competitivo, à semelhança de qualquer outro da I Liga", apontou.

Apesar do 16.º lugar na tabela classificativa, com cinco pontos, Pedro Ribeiro acredita que a equipa está num momento positivo, depois da paragem competitiva de duas semanas e da vitória, por 2-0, diante do Pevidém, da distrital de Braga, na terceira eliminatória da Taça de Portugal.

"Estamos numa fase positiva, em que queremos competir. Se pudéssemos competir todos os dias, competíamos. Às vezes fala-se de nota artística, mas há a nota artística da qualidade e a nota artística da seriedade. Do que tenho visto diariamente, a equipa tem nota artística elevada. O jogo da Taça foi prova disso, levámos o jogo a sério", realçou.

As contratações de Silvestre Varela e Marco Matias vieram "acrescentar qualidade" ao plantel dos 'azuis', com Pedro Ribeiro a destacar a estreia de ambos, em contextos diferentes. Silvestre Varela jogou 76 minutos na Taça, enquanto Marco Matias se estreou na Liga Revelação, jogando 45 minutos na vitória por 2-1 diante do FC Famalicão.

"O Silvestre [Varela] e o Marco [Matias] são dois jogadores com carreira assinalável e que nos vêm ajudar. Acrescentam qualidade a um plantel que já tinha muita qualidade. A humildade deles é traduzida na forma como o Marco se disponibilizou para nos ajudar nos sub-23 e como o Silvestre, um internacional português, fez a estreia com um adversário da distrital", explicou.

O técnico, de 33 anos, elogiou ainda o formato da Liga Revelação e afirmou que o objetivo do Belenenses SAD passa por potenciar os jovens jogadores que pertencem aos quadros do clube, num plantel conjunto, que engloba todos os jogadores das duas equipas.

"A Liga Revelação é uma competição fantástica, na qual apostamos muito. Temos um plantel equilibrado, com juventude e experiência. Acreditamos muito na potencialização dos jovens jogadores, desde que tenham a qualidade que identificamos aqui no clube", concluiu.

Eduardo Kau, de fora até 2020, e Luca van der Gaag, com uma lesão no pé que o afasta por uma semana, são os únicos indisponíveis, com André Sousa apto para dar o seu contributo à equipa.

Belenenses SAD, 16.º classificado, com cinco pontos, e Desportivo das Aves, último, com três, encontram-se no sábado, com duelo marcado para as 15:30, no Estádio Nacional, em Oeiras, em jogo da oitava jornada da I Liga de futebol.