Caso do túnel: cópia das imagens e videovigilância dão multas ao Belenenses SAD

Caso do túnel: cópia das imagens e videovigilância dão multas ao Belenenses SAD

Decisão do Conselho de Disciplina divulgada esta terça-feira.

O Conselho de Disciplina da Federação Portuguesa de Futebol anunciou esta terça-feira que puniu o Belenenses SAD com uma multa, no total, de 5610 euros, por falta de colaboração com a justiça desportiva no encontro com o FC Porto, conhecido pelo famoso caso do túnel, realizado a 8 de dezembro.

"Decide-se julgar totalmente procedente a acusação e, consequentemente, condenar a Arguida Os Belenenses - Futebol SAD pela prática da infração disciplinar p. e p. pelo artigo 86.º-A, n.º 1, do RDLPFP2019, na sanção de multa que se fixa em €2.040,00 (dois mil e quarenta euros). Pela prática da infração disciplinar p. e p. pelo artigo 87.º - A n.º 4, do RDLPFP2019 na sanção de multa que se fixa em €3.570,00 (três mil quinhentos e setenta euros)", é informado.

O artigo 86 A, número um, incide no "clube que, notificado para o efeito, não habilite a Comissão de Instrutores, no prazo de dois dias úteis, com cópia das imagens capturadas pelo sistema de videovigilância do respetivo estádio". Já o artigo 87 A, número quatro, aponta ao "clube que não cumpra as obrigações relativas ao sistema de videovigilância que para si decorrem do Regulamento das Competições".

O Conselho de Disciplina, recorde-se, decidiu arquivar o processo. Pedro Ribeiro, então treinador do Belenenses SAD à data do jogo da 13ª jornada da I Liga, queixou-se de um alegado soco após um desentendimento com Sérgio Conceição, técnico do FC Porto, ao intervalo do jogo que terminou com um empate a uma bola.