Adeptos do Belenenses contestam SAD e jogadores após derrota com o Paços de Ferreira

Adeptos do Belenenses contestam SAD e jogadores após derrota com o Paços de Ferreira

O Belenenses perdeu na receção ao Paços de Ferreira e averbou o sétimo desaire consecutivo na I Liga

Os adeptos do Belenenses contestaram a SAD e os futebolistas que compõem o plantel, obrigando a um reforço policial no Estádio do Restelo, onde os "azuis" foram derrotados pelo Paços de Ferreira (1-2).

Após o sétimo desaire seguido na I Liga, cerca de 20 adeptos do conjunto de Belém deslocaram-se para a saída do parque de estacionamento e apuparam os jogadores, à medida que estes abandonavam o recinto.

Segundo avançou a SAD do Belenenses aos jornalistas, houve mesmo uma tentativa de agressão à mulher de Abel Camará, avançado que vem sendo um dos mais contestados pela massa associativa.

As incidências pós-jogo obrigaram a um reforço policial junto ao parque de estacionamento da SAD, de forma a garantir a saída ordeira dos jogadores, que não se livraram de ouvir várias críticas, exceção feita a Gonçalo Silva e Tiago Caeiro, os únicos a merecer palavras de incentivo.

À semelhança do que vem sucedendo há vários meses, os adeptos voltaram a pedir a saída do presidente da SAD, Rui Pedro Soares.

O Belenenses, atual 13.º classificado com 32 pontos, somou hoje a sétima derrota consecutiva na I Liga, a segunda sob o comando de Domingos Paciência, tendo, ainda assim, assegurado a manutenção na divisão maior.