Augusto Inácio revela vídeo que serviu de motivação ao Aves

Augusto Inácio revela vídeo que serviu de motivação ao Aves

Treinador do Aves comentou o triunfo sobre o Vitória, em Guimarães, e admitiu ver a manutenção cada vez mais próxima.

Primeira vitória do Aves em Guimarães para o campeonato: "Mais importante para nós não é o Aves ganhar aqui pela primeira vez [para o campeonato], interessava-nos conquistar pontos. Conseguimos 21 pontos na segunda volta, temos 33, é capaz de ainda não chegar, precisamos de mais uma vitória para os 36 pontos".

Análise: "Os jogadores tiveram rigor tático, disponibilidade de ajudar, quando um perde a bola o outro ajuda a recuperar, acho que esse espírito faz com que façamos esses resultados fora de casa. Em casa também já disse que o pior resultado que tivemos foi contra o Chaves. Mas temos conquistado pontos fora que nos deixam com grandes possibilidades de ver I Liga nos nossos horizontes.

Vídeo motivador: "A Páscoa é uma manifestação de família e mostrei-lhes [aos jogadores] um vídeo da família deles a apoiar e acho que isso também contribuiu para a vitória. Também é uma vitória da família e da família avense. Agora, estou super contente, são três pontos muito importantes para nós".

Segredo [quando chegou ao comando técnico do Aves a equipa estava em último, agora em 11.º]: "Como se lembram o meu primeiro jogo foi logo no início da segunda volta, com o Vitória de Setúbal, joguei com 4x3x3, o sistema que achei melhor com jogadores que tinha e momento débil da equipa, no segundo fomos a Tondela e mudei para 3x4x3 e senti a equipa mais confiante e segura de si, olhando aos jogadores achei que devia continuar porque os jogadores sentiram-se bem. Além disto acho que o segredo tem sido o espírito coletivo, os jogadores estavam bem educados para o trabalho. Não temos problemas de azia. É um espírito familiar. Somos um clube pequeno, num espaço pequeno, passamos o tempo todo ali na cabine uns com os outros. Só este espírito faz com que tenhamos este sucesso".

Objetivo quase conseguido: "Sim, está quase, não vou ser modesto de mais. Mas 33 pontos é capaz de não chegar. Com o que tínhamos e o que temos... Já nos ultrapassaram, já ultrapassámos, essa sobrecarga psicológica, com os nossos adversários também a ganhar, com 36 pontos fico mais seguro".