Aves vendeu Elhouni antes de o comprar ao Benfica, diz o Público

Aves vendeu Elhouni antes de o comprar ao Benfica, diz o Público

Caso do médio líbio envolto em moldes controversos.

Além de dar conta de alegados acordos "à margem da lei" entre Benfica e Aves e de uma dívida anterior do clube nortenho às águias de cerca de dois milhões de euros, o jornal Público aborda também, na edição deste sábado, os moldes da venda do jogador Hamdou Elhouni ao Ésperance de Tunis, em 2018/19.

Escreve a publicação que o Aves vendeu a totalidade do passe do médio líbio ao clube da Tunísia a 14 de janeiro de 2019, por 500 mil euros, quando, à data, era detentor de apenas 30 por cento dos direitos económicos do futebolista. Os restantes 70 por cento pertenciam ao Benfica.

Elhouni foi contratado pelo Benfica ao Santa Clara em 2016, mas nunca chegou a atuar pelas águias. Primeiro, foi cedido ao Chaves, passando depois para o Aves, em 2018.