Golo de André Silva ao Gil Vicente corre mundo e faz vibrar até o Vietname

Golo de André Silva ao Gil Vicente corre mundo e faz vibrar até o Vietname

Remate certeiro de André Silva diante do Gil Vicente, a 65 metros da baliza, elogiado nos mais variados países.

O golo de André Silva, o segundo do Arouca no triunfo, por 2-1, anteontem, sobre o Gil Vicente, correu mundo. O remate, a uns 65 metros da baliza de Frelih, do avançado brasileiro que no final do jogo reconheceu ter sido o golo mais bonito da sua carreira, foi, por exemplo, destacado na Ásia. Um site do Vietname, "Tuoitre online", escreveu que "o atacante brasileiro chutou de uma distância de 65 metros e colocou a bola na baliza para marcar um golo que foi considerado pela imprensa portuguesa como um "super produto"", acrescentando que marcou "um dos golos de maior distância do mundo."

O melhor maracador do Arouca - oito golos no campeonato e nove em todas as competições - também foi notícia na Arábia Saudita. "Fez um golo maravilhoso", lê-se na publicação do jornal online "Press Bee", que faz uma comparação curiosa. "O golo lembrou a criatividade do craque argelino Youssef Belaili na Taça Árabe, quando marcou um golaço contra a seleção marroquina nos quartos de final, revelando a sua enorme habilidade."

Na Sérvia, o "Informer" faz "uma revelação" aos leitores: "Este foi um dos golos mais fascinantes que vimos esta época nas melhores ligas europeias." E outra publicação sérvia, "Mondo", também escreve que André Silva "marcou um dos melhores golos da temporada no futebol europeu". "Balançou a rede duas vezes em apenas quatro minutos e o segundo golo foi espetacular. O atacante do Arouca fez um remate do meio-campo que chocou o guarda-redes adversário", pormenorizou sobre o feito do jogador que já na jornada anterior fizera um golaço em Tondela, também de pé esquerdo.