Arouca age disciplinar e criminalmente contra Bruno de Carvalho

Arouca age disciplinar e criminalmente contra Bruno de Carvalho

O Arouca anunciou, esta quinta-feira, em comunicado publicado no seu Facebook, ter participado "disciplinar e criminalmente, às instâncias competentes", de Bruno de Carvalho, André Geraldes e o ARD (assistente de recinto desportivo) envolvido nos incidentes ocorridos no final do jogo com o Sporting, de 6 de novembro.

"A F.C. AROUCA S.D.U.Q. participou, disciplinar e criminalmente, às instâncias competentes, os factos em que em que estão envolvidos os senhores Bruno de Carvalho, senhor André Geraldes e o A.R.D., para que seja apurada a responsabilidade dos atos de cada um", pode ler-se.

Para além dessa queixa, o clube participou "as declarações proferidas pelo senhor Bruno de Carvalho, há pouco tempo, ofendendo a honra do Presidente da F.C. AROUCA S.D.U.Q. e da sua família"

Os responsáveis do Arouca dizem ainda confiar "na justiça desportiva e civil, sabendo que, em qualquer circunstância", respeitarão as decisões dos órgãos jurisdicionais.

Mais informam que o presidente Carlos Pinho tomará uma posição publicamente quando regressar de uma viagem ao estrangeiro.