"Não há palavras para o tipo de monstro que está à espera e atira numa multidão de famílias"

"Não há palavras para o tipo de monstro que está à espera e atira numa multidão de famílias"

Percorra a galeria de imagens acima clicando sobre as setas.

Lusa

Polícia procura autor de tiroteio em desfile do Dia da Independência nos EUA

A Polícia norte-americana desencadeou operações de busca pelo autor do tiroteio que fez várias vítimas mortais e dezenas de feridos em Highland Park, nos subúrbios de Chicago, no dia da Independência dos Estados Unidos.

De acordo com o último balanço das autoridades norte-americanas, pelo menos seis pessoas morreram e 24 ficaram feridas, na sequência de um tiroteio num desfile do Dia da Independência.

O suspeito, descrito pela polícia como um homem branco entre os 18 e os 20 anos, encontra-se em fuga, estará armado e é "considerado perigoso".

O município de Highland Park informou na sua página no Facebook que a polícia foi mobilizada para o local após um "incidente" no desfile do Dia da Independência, que é comemorado em 04 de julho, e que o mesmo havia sido cancelado.

O comandante da polícia daquela autarquia, Chris O'Neill, pediu às pessoas para se abrigarem enquanto as autoridades procuram o suspeito.

A presidente da Câmara Municipal de Highland Park, Nancy Rotering, disse que a violência abalou a comunidade "profundamente".

"Num dia em que nos reunimos para celebrar a comunidade e liberdade, estamos a lamentar a trágica perda de vidas e a lutar contra o terror", observou.

À imprensa norte-americana, o porta-voz da 'task force' de Crimes Graves do Condado de Lake, Christopher Covelli, disse que "várias vítimas mortais" morreram no local e uma morreu no hospital.

Até ao momento, a polícia não divulgou pormenores sobre as vítimas ou feridos.

As autoridades salientaram que o atirador abriu fogo por volta das 10:15 (16:15, em Lisboa).

Christopher Covelli disse, em conferência de imprensa, que o homem terá usado uma "espingarda de alta potência" para disparar do topo de um prédio, onde era "muito difícil de detetar". O porta-voz disse que a espingarda foi recuperada no local.

"[Foi] muito aleatório, muito intencional e um dia muito triste", acrescentou

O jornal Chicago Tribune refere que o governador de Illinois, o democrata Jay Robert "J. B." Pritzker estava no local.

"Não há palavras para o tipo de monstro que está à espera e atira numa multidão de famílias com crianças a comemorar um feriado com a sua comunidade", escreveu Jay Robert "J. B." Pritzker num comunicado.

Os media locais estão a noticiar relatos de vários corpos ensanguentados a serem transportados para hospitais.

A polícia está a dispersar civis das imediações do local do incidente.

Entretanto, os desfiles marcados para hoje, por causa do dia da Independência dos Estados Unidos, foram cancelados em vários subúrbios de Chicago após o tiroteio.

Em Evanston, a cerca de 26 quilómetros de Highland Park, o desfile e as atividades foram cancelados e as praias foram encerradas "com muita cautela", disseram as autoridades locais".

A cidade de Winnetka também cancelou o seu espetáculo de fogos de artifício, assim como Northbrook, Waukeagan e Glenview, de acordo com o jornal local The Chicago Sun Times.