Juiz negacionista demitido de funções pelo Conselho Superior de Magistratura

Juiz negacionista demitido de funções pelo Conselho Superior de Magistratura
Redação com Lusa

Afastamento de Rui Fonseca e Castro foi decidido por unanimidade.

O Conselho Superior de Magistratura (CSM) decidiu esta quinta-feira por unanimidade demitir o juiz Rui Fonseca e Castro de funções, por várias infrações cometidas.

Entre as justificações para a demissão, o CSM aponta o facto de Rui Fonseca e Castro, "não deixando de invocar a sua qualidade de juiz", publicar nas redes sociais, vídeos em que "incentivava à violação da lei e das regras sanitárias" relativas à pandemia de covid-19.

A decisão foi comunicada aos jornalistas à porta daquela instituição pela vogal do CSM Inês Ferreira Leite

Pouco antes da leitura da decisão, aproximou-se do local um grupo de manifestantes que apoia o juiz negacionista.