Governo propõe nomeação de Gouveia e Melo para Chefe do Estado-Maior da Armada

Governo propõe nomeação de Gouveia e Melo para Chefe do Estado-Maior da Armada
Redação com Lusa

O Governo vai propor a exoneração do atual CEMA, António Mendes Calado, e a nomeação, para o cargo, de Henrique Gouveia e Melo, que será promovido ao posto de Almirante.

O Conselho de Ministros aprovou esta quinta-feira propor ao Presidente da República a nomeação do vice-almirante Gouveia e Melo para o cargo de Chefe do Estado-Maior da Armada (CEMA), substituindo Mendes Calado.

De acordo com o comunicado do Conselho de Ministros, o Governo vai propor a exoneração do atual CEMA, António Mendes Calado, e a nomeação, para o cargo, de Henrique Gouveia e Melo, que será promovido ao posto de Almirante.

A proposta de nomeação teve "o parecer favorável do Chefe do Estado-Maiior-General das Forças Armadas, após audição do Conselho do Almirantado", refere o comunicado.

"Foi aprovada a deliberação que propõe a Sua Excelência o Presidente da República, com parecer favorável do Chefe do Estado-Maior-General das Forças Armadas, após audição do Conselho do Almirantado, a exoneração do Almirante António Maria Mendes Calado do cargo de Chefe do Estado-Maior da Armada e a nomeação do Vice-almirante Henrique Eduardo Passaláqua de Gouveia e Melo como Chefe do Estado-Maior da Armada, bem como a correspondente promoção ao posto de Almirante", pode ler-se no comunicado.