ELEIÇÕES NA MADEIRA - Projeção dá vitória ao PSD sem maioria absoluta

ELEIÇÕES NA MADEIRA - Projeção dá vitória ao PSD sem maioria absoluta

A projeção aponta para uma taxa de abstenção entre 41% e 46%.

O PSD terá vencido as eleições legislativas regionais na Madeira, hoje realizadas, com 37% a 41% dos votos, o que lhe retira a maioria absoluta no parlamento, segundo a projeção da RTP/Católica. Com este resultado, o PSD elege entre 19 e 23 dos 47 deputados da assembleia regional.

De acordo com a projeção, o PS alcança 34% a 38% dos votos (17 a 21 deputados), o CDS-PP 5% a 7% (dois a três) e o JPP 3% a 5% (um a dois).

Segue-se a CDU (PCP/PEV), com 1% a 3% (zero a um deputado), o BE, também com 1% a 3% (zero a um), e o PAN, com 1% a 2% (sem deputados).

A projeção aponta para uma taxa de abstenção entre 41% e 46%.

Em 2015, os resultados das legislativas regionais permitiram ao PSD manter, por um deputado, a maioria absoluta -- com que sempre governaram a região -, ocupando 24 lugares na assembleia legislativa.

O atual parlamento é ainda composto por CDS (sete deputados), PS (cinco), JPP (cinco), CDU (dois), BE (dois), PTP (um) e um deputado independente/não inscrito.

Há quatro anos, nas eleições antecipadas -- devido à demissão do então presidente do Governo Regional, Alberto João Jardim -, a abstenção foi 50,42%.

PDR, CHEGA, PNR, BE, PS, PAN, Aliança, Partido da Terra-MPT, PCTP/MRPP, PPD/PSD, Iniciativa Liberal, PTP, PURP, CDS-PP, CDU (PCP/PEV), JPP e RIR são as 17 candidaturas validadas para as eleições de hoje, com um círculo único.