Mil e trezentas crianças de Lamego em projeto de combate ao insucesso escolar

Mil e trezentas crianças de Lamego em projeto de combate ao insucesso escolar
Lusa

Cerca de 1.300 crianças que frequentam os agrupamentos escolares de Lamego vão, nos próximos três anos, estar envolvidas num projeto integrado e inovador de combate ao insucesso e abandono escolar, que foi hoje apresentado.

Segundo a vereadora da Educação da autarquia, Ana Catarina Rocha, o projeto Lamego Educa surgiu no âmbito de uma candidatura ao Norte 2020 e representa um investimento de 610 mil euros.

"Este projeto é direcionado para o pré-escolar e primeiro ciclo, numa perspetiva positiva de trabalhar as crianças e a comunidade escolar para a importância do seu desempenho escolar", disse a responsável à agência Lusa.

Ana Catarina Rocha explicou que "serão dadas ferramentas para capacitar toda a comunidade -- docentes, alunos e encarregados de educação -- no sentido de perceberem o quão importante é o sucesso escolar e todo o percurso escolar".

Neste concelho do norte do distrito de Viseu, no ano letivo 2014/2015 o insucesso escolar no primeiro ciclo cifrou-se nos 5,1%.

No âmbito deste projeto, "uma equipa multidisciplinar, constituída por uma psicóloga, duas assistentes sociais, uma terapeuta da fala e um técnico de educação", vai trabalhar com as crianças dos dois agrupamentos (Latino Coelho e Sé) e também com os seus pais, "para que consigam acompanhar o percurso escolar dos filhos", referiu a vereadora.

O objetivo é "desenvolver competências pessoais e sociais", em iniciativas como "a escola de pais" e outras ações que trabalharão temáticas como a prevenção do 'bullying' e a educação rodoviária, acrescentou.

Ana Catarina Rocha disse que o projeto prevê também "a criação de ambientes inovadores de aprendizagem, com a disponibilização de 'software' informático e ferramentas informáticas que permitam novas aprendizagens, que serão disponibilizadas em todas as escolas".

"Este projeto é, de facto, estruturante e abarca diversos domínios", frisou, acrescentando que haverá também "uma ação com robótica e programação, no sentido de desenvolver o pensamento lógico, a criatividade e o espírito crítico para a resolução de problemas".

O Lamego Educa contará ainda com um observatório municipal de educação, "que vai permitir que todos os munícipes acompanhem e aprofundem as políticas educativas implementadas no município", acrescentou.

O projeto está agora a iniciar, com a colocação no terreno de duas das ações, nomeadamente a equipa multidisciplinar e a implementação dos ambientes inovadores de aprendizagem.