Migrações: Alemanha vai investigar 18.000 pedidos de asilo

Migrações: Alemanha vai investigar 18.000 pedidos de asilo
Lusa

A concessão de 18.000 pedidos de asilo no Estado alemão de Bremen vai ser investigada, anunciou hoje a presidente do Gabinete Federal para a Imigração e os Refugiados (BAMF, na sigla em alemão).

Jutta Cordt afirmou que vão ser investigados pedidos apresentados desde 2000, concedidos pelo escritório regional do BAMF em Bremen.

Em abril pelo menos 1.200 pedidos de asilo entre 2013 e 2016 foram erradamente aprovados, a maioria pertencentes a membros da minoria yazidi da Síria, segundo fontes judiciais.

O antigo diretor do gabinete de Bremen encontra-se sob investigação devido a suspeitas de corrupção.

De acordo com Cordt, cerca 4.400 pedidos de asilo feitos em diversos gabinetes regionais já foram avaliados, sendo os de Bremen os mais problemáticos.