Incêndio consome edifício antigo em Santarém e deixa 21 pessoas desalojadas

Incêndio consome edifício antigo em Santarém e deixa 21 pessoas desalojadas
Lusa

Vinte e uma pessoas ficaram hoje desalojadas devido ao incêndio numa habitação na cidade de Santarém, sem que se tenham registado feridos, disse à agência Lusa o comandante dos bombeiros municipais.

José Guilherme afirmou que o incêndio deflagrou num edifício antigo com três pisos e sótão, situado na Rua Alexandre Herculano, muito perto do quartel da corporação, o que permitiu a rápida extinção do fogo.

O incêndio começou perto da 01:00, no segundo piso, tendo alastrado ao sótão e ao piso de baixo, disse, adiantando que, dado tratar-se de um edifício de construção antiga, de madeiramento e tabique, a estrutura ficou praticamente destruída, não oferecendo condições de habitabilidade.

O incêndio foi controlado "em menos de 20 minutos", graças à rápida intervenção dos Bombeiros Municipais de Santarém, que estiveram no local com duas viaturas e nove elementos, numa operação que foi dada por concluída cerca das 05:00, depois de efetuada a ventilação e avaliadas as condições do edifício, acrescentou.

No local esteve também a PSP, que está a averiguar a causa do incêndio, o presidente e a vice-presidente da Câmara de Santarém, Ricardo Gonçalves e Inês Barroso, bem como os serviços de proteção civil e de ação social da autarquia.

Ricardo Gonçalves disse à Lusa que os 21 homens, trabalhadores imigrantes, foram realojados alguns pelo próprio patrão e a maioria pelos serviços do município, temporariamente, numa residencial.