Inauguradas sábado escadas rolantes para ligar Martim Moniz ao Castelo em Lisboa

Inauguradas sábado escadas rolantes para ligar Martim Moniz ao Castelo em Lisboa
Lusa

O projeto "Escadinhas da Saúde", que visa facilitar o acesso da Praça Martim Moniz à Rua Marquês Ponte de Lima, em Lisboa, vai ser inaugurado no sábado, anunciou hoje a Empresa Municipal de Mobilidade e Estacionamento de Lisboa (EMEL).

"Este troço, de 32 metros, com um desnível de 13 metros, representa um investimento da EMEL de cerca de 830 mil euros e insere-se no Percurso da Mouraria, parte integrante do Plano Geral de Acessibilidades Suaves e Assistidas à Colina do Castelo, que irá ligar a Praça do Martim Moniz ao Castelo", avançou a empresa responsável pela mobilidade na capital, indicando que a utilização das "Escadinhas da Saúde" será gratuita.

As escadas rolantes a céu aberto, as "Escadinhas da Saúde", foram projetadas pelo arquiteto João Favila e "vão facilitar o acesso da Praça Martim Moniz à Rua Marquês Ponte de Lima e a circulação pedonal nesta zona da cidade".

Assim, a empresa responsável pela mobilidade na cidade de Lisboa pretende "ajudar a vencer, sem esforço, o desnível existente e a melhorar o dia-a-dia de quem reside, trabalha e visita" as zonas do Martim Moniz e do Castelo.

"Numa segunda fase, este percurso será complementado por mais dois troços, sendo um pedonal e outro mecânico, para facilitar o acesso entre o Martim Moniz e o interior do Castelo de São Jorge", revelou a EMEL, em comunicado.

Já em 1998, a Câmara Municipal de Lisboa anunciava a instalação de uma escada rolante para ligar o Martim Moniz ao Castelo de São Jorge, prevendo que começasse a funcionar ainda nesse mesmo ano, mas que tal dependia de um acordo de financiamento com uma entidade privada através da permuta de uma propriedade municipal.

"Se tudo correr bem, a escada pode estar a funcionar já no verão, já que pode ser instalada em cinco meses", disse, na altura, Vitor Costa, responsável pelos pelouros do turismo e reabilitação urbana dos bairros históricos na Câmara de Lisboa, mas tal não aconteceu.

Depois de 1998, as últimas notícias sobre o projeto foram em 2016, com a EMEL a informar que as escadas rolantes para ligar a praça do Martim Moniz ao Castelo de São Jorge estariam em funcionamento "no final de 2016/início de 2017".

Após os sucessivos atrasos, a EMEL inaugura este ano o projeto "Escadinhas da Saúde".

A cerimónia de inauguração vai ter início na Praça Martim Moniz, pelas 12:30 de sábado, contando com a presença do presidente da Câmara Municipal de Lisboa, Fernando Medina, do vereador da Mobilidade e Segurança, Miguel Gaspar, e do presidente da Junta de Freguesia de Santa Maria Maior, Miguel Coelho.

Além deste projeto, a EMEL tem vindo a desenvolver "um conjunto de intervenções de reabilitação e de construção de meios mecânicos, com o objetivo de promover a mobilidade e facilitar a deslocação pedonal em Lisboa", designadamente os Elevadores da Rua Fanqueiros/Rua da Madalena e Chão do Loureiro, que facilitam a ligação da Baixa ao Castelo; o Elevador da Rua Norberto Araújo, junto às Portal do Sol; e o Elevador de Entre Campos, que permite a passagem sobre a linha de comboio a pessoas com mobilidade reduzida.

Enquanto empresa responsável pela mobilidade na capital, a EMEL está, ainda, a trabalhar no âmbito das acessibilidades suaves à Colina do Castelo, com projetos de construção de um funicular, que ligará a Rua dos Lagares, na Mouraria, ao miradouro Sophia de Mello Breyner, na Graça, e de um elevador, que permitirá vencer o desnível entre o Campo das Cebolas e a Sé de Lisboa.