Governo/2 anos: Conselho de Ministros em Aveiro no domingo para análise do caminho percorrido

Governo/2 anos: Conselho de Ministros em Aveiro no domingo para análise do caminho percorrido
Lusa

O Governo reúne-se no domingo em Aveiro, em Conselho de Ministros de reflexão política, para assinalar dois anos em funções, participando depois numa sessão em que os membros do executivo respondem a questões colocadas por cidadãos.

Segundo o executivo, estas duas iniciativas vão decorrer na Reitoria da Universidade de Aveiro, com o Conselho de Ministros a realizar-se a partir das 11:00, estando a sessão com o painel de cidadãos prevista para se iniciar às 15:00.

Na sessão, também segundo o executivo, "as perguntas serão elaboradas pelos cidadãos que participam num inquérito quantitativo de avaliação ao segundo ano do Governo, organizado pela Universidade de Aveiro, sob coordenação do professor universitário Carlos Jalali.

Este programa dedicado aos dois anos de Governo começa na véspera do aniversário, no sábado, com a visita dos ministros a vários distritos do país para a participação em ações públicas consideradas de relevo, nomeadamente "iniciativas que materializam medidas concretizadas ou em concretização".

O ministro dos Negócios Estrangeiros, Augusto Santos Silva, será o único que assinala neste sábado os dois anos de Governo fora do país, no Rio de Janeiro, no Brasil, onde estará numa sessão sobre a língua portuguesa no Real Gabinete Português de Leitura.

No sábado, a ministra da Presidência e da Modernização Administrativa, Maria Manuel Leitão Marques, participa em Lisboa numa marcha que assinala o Dia Internacional para a Eliminação da Violência contra as Mulheres, em que também estarão os titulares das pastas da Justiça, Francisca Van Dunem, e da Administração Interna, Eduardo Cabrita.

No mesmo dia, Eduardo Cabrita inaugura o Centro Regional do Sistema de Alerta de Tsunamis, instalado no Instituto Português do Mar e da Atmosfera (IPMA), e Francisco Van Dunem preside à sessão de inauguração da nova Unidade Local de Investigação Criminal da Polícia Judiciária em Évora.

O ministro das Finanças, Mário Centeno, visita a Alfândega do Aeroporto de Lisboa, enquanto o secretário de Estado da Defesa Nacional, Marcos Perestrello, estará em Ferreira do Alentejo numa cerimónia de Juramento de Bandeira.

Pedro Siza Vieira, ministro Adjunto, terá uma agenda dedicada aos incêndios no distrito de Coimbra, onde marcará presença num encontro com agricultores que já receberam o subsídio para reiniciarem a atividade e em que discutirá o plano de reflorestação local.

O ministro da Cultura, Luís Filipe Castro Mendes, desloca-se a Arouca, no distrito de Aveiro, para a apresentação do programa de intervenção no mosteiro deste município, seguindo depois para São Pedro do Sul, no distrito de Viseu, tendo aqui na agenda o lançamento do projeto de valorização, conservação e reabilitação das termas romanas.

O ministro da Ciência e Ensino Superior, Manuel Heitor, visita Matosinhos e Braga para o lançamento da iniciativa "Manhãs com Tecnologia" e para a instalação do primeiro supercomputador em Portugal, enquanto o titular da pasta da Educação, Tiago Brandão Rodrigues, desloca-se às obras de modernização da Escola Secundária de Fafe e da Escola Básica Professor Carlos Teixeira deste mesmo município do distrito de Braga.

Vieira da Silva, ministro do Trabalho, Solidariedade e Segurança Social, participa em Castelo Branco na inauguração do novo Centro de Contacto da Segurança Social; o ministro da Saúde, Adalberto Campos Fernandes, visita o Centro Hospitalar do Baixo Vouga em Aveiro; e o ministro do Planeamento e Infraestruturas, Pedro Marques, passa o dia entre a Covilhã e a Guarda para proceder à adjudicação da empreitada de eletrificação do troço da Linha da Beira Baixa - obra estimada em 52 milhões de euros.

Ainda em relação ao programa de sábado, o ministro da Economia, Manuel Caldeira Cabral, desloca-se a Famalicão, Santo Tirso, Guimarães e Braga com um programa variado junto de empresas para a promoção do programa Capitalizar, ou para a instalação de wifi em centros históricos urbanos.

O ministro do Ambiente, João Pedro Matos Fernandes, visita o Cartaxo, o titular da pasta da Agricultura estará em Soure no relançamento do regadio do Baixo Mondego, e a ministra do Mar, Ana Paula Vitorino, tem ações em Lisboa, Aveiro e Matosinhos, nesta última cidade para inaugurar os novos centros de operações da Plataforma Logística de Leixões.