Governo Regional Madeira distingue 13 personalidades e uma instituição no Dia da Região

Governo Regional Madeira distingue 13 personalidades e uma instituição no Dia da Região
Lusa

O Governo Regional da Madeira vai agraciar, a 01 de julho, Dia da Região Autónoma da Madeira e das Comunidades Madeirenses, no Porto Santo, 13 personalidades (quatro das quais a título póstumo) e uma instituição.

Segundo a presidência do Governo Regional, a resolução que aprova a lista de agraciados e as insígnias a atribuir é votada na quinta-feira pelo executivo madeirense.

A cerimónia da imposição das insígnias terá lugar no Porto Santo, de onde são naturais duas das personalidades agraciadas - José Lino Pestana (Insígnia Autonómica de Valor), a título póstumo, e José Cardina (Insígnia Autonómica de Distinção).

As Insígnias Honoríficas Madeirenses - a Insígnia Autonómica de Valor, a Insígnia Autonómica de Distinção e a Insígnia Autonómica de Bons Serviços - cujo regime jurídico foi aprovado em 2003, visam distinguir, em vida ou a título póstumo, os cidadãos, coletividades ou instituições que se notabilizarem por méritos pessoais ou institucionais, atos, feitos cívicos ou serviços prestados à Região.

A atribuição das insígnias honoríficas madeirenses pelo Governo Regional, além de representar o reconhecimento público, visa também estimular o mérito e manter vivas as tradições que conferem prestígio e dignidade a pessoas, entidades e coletividades.

Com Insígnias Autonómicas de Valor serão agraciados Maximiano Sousa, conhecido como Max, artista (a título póstumo), José Lino Pestana, comerciante e dirigente desportivo (a título póstumo), Maria Manuela Aranha da Conceição, escultora e antiga diretora regionais dos Assuntos Culturais, e Maria Inês Rodrigues dos Santos Guerreiro, antiga diretora regional da Segurança Social.

Serão ainda atribuídas seis Insígnias Autonómicas de Distinção: a João António Filipe Pestana, fotógrafo (a título póstumo), Amândio de Sousa, escultor e diretor do Museu das Cruzes, Maria Francisca Teresa Clode, professora, Francis John Zino, médico e ornitologista, José Cardina de Freitas Melim, etnógrafo e à Orquestra Clássica da Madeira.

O Governo Regional vai ainda agraciar quatro individualidades com Insígnias Autonómicas de Bons Serviços, uma das quais a título póstumo, a Rui de Sande Mexia Aires de Campos de Barros Mendes, professor em Educação Física.

As outras três personalidades distinguidas serão Jorge Domingos de Jesus, comerciante e contabilista, Maria Martins Gonçalves Góis Ferreira, personalidade que se evidenciou nas aéreas social e da saúde, e Maria João Machado de Ornelas Gonçalves Teixeira, médica que se notabilizou no domínio da oncologia.