Companhia aérea brasileira Avianca cancela mais de 300 voos até sábado

Companhia aérea brasileira Avianca cancela mais de 300 voos até sábado
Lusa

Brasília, 15 abr 2019 (Lusa) - A companhia aérea Avianca Brasil, que atravessa uma crise financeira, informou hoje na sua página na internet que vai cancelar mais de 300 voos entre hoje e sábado, numa média diária de 50 voos cancelados.

Num comunicado enviado à agência Lusa, a Avianca explica que a decisão da empresa foi tomada face a uma possível redução da frota aérea, mas não detalhou o número de pessoas afetadas pelo cancelamento dos voos.

"A Avianca Brasil informa que, devido a uma possível redução da sua frota e visando minimizar o impacto na sua operação e aos seus passageiros, decidiu efetuar cancelamentos pontuais de voos conforme a lista disponível no 'site' da companhia, que será atualizado diariamente de acordo com eventuais ajustes", refere a companhia aérea.

A empresa reitera no comunicado que "está a tomar todas as medidas necessárias para manter a normalidade de suas operações".

Na sexta-feira, a companhia aérea já tinha determinado o cancelamento de cerca de 180 voos.

Em recuperação judicial, uma ação para tentar evitar a falência da empresa, a Avianca Brasil foi acionada na justiça pelas companhias que lhe fazem o empréstimo de aeronaves, por falta de pagamento.

A Agência Nacional de Aviação Civil brasileira determinou, na passada sexta-feira, o cancelamento da matrícula de 10 aeronaves alugadas pela Avianca, devido a uma decisão judicial que determinou a reintegração de posse das aeronaves à Constitution Aircraft Leasing, empresa proprietária.

Nos últimos dias, a companhia aérea também tem enfrentado problemas com operadores de aeroportos.

A Avianca tem o pagamento de taxas aeroportuárias atrasado, o que tem gerado ameaças de suspensão de voos da companhia, de acordo com o portal de notícias G1.

A operadora já atrasou pagamentos nos aeroportos brasileiros de Guarulhos, Florianópolis, Porto Alegre, Salvador e Fortaleza.