Cimeira de Chefes de Estado da CPLP começa hoje em Cabo Verde

Cimeira de Chefes de Estado da CPLP começa hoje em Cabo Verde
Lusa

A XII Conferência de Chefes de Estado e de Governo da Comunidade de Países de Língua Portuguesa (CPLP) começa hoje em Santa Maria, na ilha cabo-verdiana do Sal.

Na cimeira, que marca a transição da presidência 'pro tempore' da CPLP, do Brasil para Cabo Verde, Portugal está representado pelo Presidente da República, Marcelo Rebelo de Sousa, e pelo primeiro-ministro, António Costa.

À semelhança do que aconteceu na cimeira de Brasília, em 2016, a mobilidade dos cidadãos lusófonos nos países da CPLP deverá ser um dos temas mais debatidos.

Sobre o tema, o ministro dos Negócios Estrangeiros português, Augusto Santos Silva, disse acreditar que do encontro deverá sair "uma declaração política forte".

A Confederação Empresarial da CPLP (CE-CPLP), que irá apresentar um relatório, também pretende a mobilidade de pessoas, bens e produtos, serviços ou capitais no espaço lusófono.

Para além da representação portuguesa, a cimeira terá ainda a presença de todos os chefes de Estado à exceção do Presidente timorense, Francisco Guterres Lu-Olo, que cancelou a deslocação a Cabo Verde devido à crise política que o seu país atravessa.

João Lourenço, de Angola; Michel Temer, do Brasil; José Mário Vaz, da Guiné-Bissau; Teodoro Obiang, da Guiné-Equatorial; Filipe Nyusi, de Moçambique, e Evaristo Carvalho, de São Tomé e Príncipe, são as presenças confirmadas na cimeira, além do anfitrião, o cabo-verdiano Jorge Carlos Fonseca.

A sessão solene de abertura está marcada para as 17:00 e o principal destaque vai para o início da presidência em exercício da organização pelo chefe de Estado de Cabo Verde.